A Teoria de Tudo

Finalmente, eu assisti A Teoria de tudo. Um filme de amor. Conta a história de Stephen Hawking desde o período de estudante de doutorado, passa pelo descobrimento da sua doença e pelo seu sucesso como físico. Muito interessante também perceber a genialidade do físico e sua vulnerabilidade ao se deparar com os desafios da sua nova condição de vida. O filme é baseado no livro de sua esposa, Jane Hawking.

A-TEORIA-DE-TUDO-

Eddie Redmayne, o ganhador do Oscar pelo papel de Stephen é impressionante. Ele demonstra uma linguagem e adaptação corporal fantástica. Felicity Jones é Jane, a doce e tímida garota que dedicou a sua vida ao cuidado do homem que amava e da família que eles formaram.

A trilha sonora tem muitos elementos de música clássica e eletrônica. O figurino também me encantou. O filme nos leva a reflexão sobre o sentido da vida e a importância de valorizar as pessoas que estão ao nosso lado. Fofo recomenda!

Stephen e Jane na ficção e na vida real

Stephen e Jane na ficção e na vida real

Anúncios

Simplesmente acontece

Sabe aquele dia em que você só quer ver um filme bem leve e amorzinho? Simplesmente acontece é um destes filmes. Ele conta a história de Rosie e Alex, amigos inseparáveis. Feitos um para o outro. Mas eles vivem os desencontros e as confusões da vida em busca de seus sonhos e realizações.

O filme é divertido e como eu não conhecia a história, tive algumas surpresas… é um romance britânico, o que me agrada porque me dá a impressão de que há mais carinho  e delicadeza do que nos filmes americanos. Lily Collins (a Branca de Neve de Espelho, espelho meu) e Sam Claflin (de Jogos Vorazes) são os protagonistas.

Baseado no livro de Cecelia Ahern, a mesma autora de PS Eu te amo, que se tornou best seller e um lindo filme, feito para chorar baldes!

A história me fez relembrar alguns sentimentos de adolescência e me fez agradecer por já ter passado dessa fase… Um final feliz e um pouco de romance para alegrar o dia.

Tempo de Despertar

Neste filme de 1990, Robin Williams vive o Dr. Sayer, um neurologista que nos anos 60, começa a trabalhar em um hospital psiquiátrico. Lá ele começa a perceber que os pacientes, apesar de catatônicos, conseguem ser estimulados com o uso de uma bola de baseball, por exemplo. O médico, diferente de seus colegas, acha que os pacientes estão apenas adormecidos. Ele então decide experimentar uma nova droga, L Dopa, que estava sendo bem aceita em pacientes com Mal de Parkinson.

A diretoria do hospital concorda com esta experiência em apenas um dos pacientes. O escolhido é Leonard Lowe, o personagem de Robert De Niro, que não tinha resposta há 30 anos. Os resultados são impressionantes! Os pacientes passam a despertar e ter curiosidade pela vida e alegria de viver. Porém, Leonard começa a apresentar graves efeitos colaterais que preocupam o Dr Sayer e os próprios pacientes.

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O longa metragem é baseado na história real do neurologista Oliver Sacks, com os sobreviventes da encefalia letárgica, patologia que atingiu milhões de pessoas e matou muitas delas na década de 1920.

Dirigido por Penny Marshal, o drama é muito interessante pela demonstração da vontade do médico em ajudar as pessoas e também mostra a equipe de enfermagem como atuante no cuidado. O filme é lindo, motivador e incita uma reflexão sobre a valorização da vida. Fofo recomenda!

Tempo de Despertar